AMAXOFOBIA

MEDO DE DIRIGIR

Algumas pessoas dizem que não gostam de dirigir ou que têm medo de ficar atrás do volante. Se você achar que tem medo de dirigir até o ponto de lhe causar sofrimento, você pode ter uma fobia de dirigir. Esta fobia específica pode lhe fazer sentir -se como se sua vida estivesse em perigo quando está dirigindo ou andando em um carro. Pode até mesmo experimentar ataques de pânico, coração acelerado, respiração rápida ou sentimentos de terror. Se a sua ansiedade ao volante está te controlando e lhe impedindo de dirigir com facilidade, ou até mesmo em tudo, é importante enfrentar a fobia. 

 

Dessa forma, você pode voltar ao volante e assumir o controle de sua vida. Veja como:

1.  Crie um ambiente de calma no carro.

Você deve sentar no carro de maneira confortável e adequada, esteja ele em movimento ou não. Use roupas e calçados confortáveis. Habitue-se a simular a prática da direção e a relaxar antes de começar a dirigir.

Coloque músicas suaves, pois vai lhe ajudar a superar o sentimento crescente de pânico, além de abafar o barulho exterior dos veículos.

1.  Certifique-se que o carro está livre de lixo ou tumulto. Porque até mesmo, o motorista mais confiante pode ficar inquieto se houver passageiros fazendo barulho no carro. 

2.  A autoconfiança é, consideravelmente, aumentada quando prestamos atenção aos itens de segurança como:

a)  Ajustar o banco, bem como, os retrovisores;

b)  Colocar o cinto de segurança;

c)  Respeitar às regras de trânsito, especialmente, a velocidade regulamentar das vias;

d)  Usar adequadamente as sinalizações luminosas (seta à direita, seta à esquerda, etc.);

e)    Fazer a manutenção regular do carro e andar com a documentação em dia.

2.  Pratique a respiração abdominal

Se você começar a sentir um ataque de pânico ou os músculos do seu pescoço e do peito se contraírem comece a respirar profundamente. Inspire vagarosamente pelo nariz estufando a barriga para que o ar penetre até o fundo dos seus pulmões e prenda a respiração por alguns instantes. Exale vagarosamente esvaziando completamente o ar dos pulmões e permita que todo o seu corpo relaxe.

1.  Repita esse processo (inspirar, expirar) 10 vezes. Inspire contando até dez. Prenda a respiração contando até dez e exale contando até dez.

3.  Tente o relaxamento muscular progressivo

Comprima e relaxe os grupos de músculos do seu corpo, a fim de que você se torne consciente de como prender e relaxar a tensão. Comece cerrando seus punhos por 5 a 10 segundos. Libere seus punhos durante 15 a 20 segundos, enquanto você se concentra na quantidade de tensão retirada dos músculos das suas mãos. Repita o exercício com outros grupos de músculos movendo seus braços para cima e depois deixando cair até atingir as pontas dos pés.

1)  Pratique esses exercícios todo dia durante 20 minutos, mesmo que você não esteja experimentando um estado de pânico. Isso fará com que você mantenha o controle sobre o seu estado de espírito reduzindo a frequência de ataques de pânico e, consequentemente, aumentando sua concentração.

4.  Use afirmações positivas

As nossas fobias são originadas do subconsciente, então para desalojarmos as negatividades ali armazenadas é necessário que façamos afirmações curtas, de efeito positivo e contrário ao que ali se encontra.

Por exemplo, “Tudo posso naquele que me fortalece. ” Filipenses 4:13

5.  Considere confrontar sua fobia

Provavelmente, alguma vez, você falou que precisa enfrentar seu medo. Expor-se ao medo é importante, especialmente se você está evitando dirigir com medo de sofrer um ataque de pânico. A terapia de exposição continua sendo um dos meios mais importantes para acabar com a fobia, embora você tenha que saber e ser capaz de usar as técnicas de relaxamento antes de iniciar. Desse modo, você terá algum sentimento de controle durante a sessão.

6.  Tome medidas graduais.

Comece com o item menos temido em sua lista e, gradualmente, exponha-se até que você não se sinta mais ansioso. Uma vez que você já tenha domínio em um item da sua lista, passe para o próximo item. Por exemplo, exponha na lista seus medos como estes (classificados do menor para o maior temor):

1.  Pegue a chave do seu carro e o observe no estacionamento;

2.  Sente-se nele e deixe ligado até 5 minutos;

3.  Dê uma volta e faça curvas para a direita e para a esquerda (considerando que você esteja em condomínio fechado);

4.  Após adquirir confiança, você já poderá sair para a pista principal fora do condomínio. Minha sugestão nesse caso é que esteja acompanhado.

5.  A partir daí você vai sonhar dirigindo, ou seja, você venceu.

 

OBSERVAÇÃO: Antes de tudo, procure uma AUTOESCOLA

Newsletter

Assine a nossa newsletter: